...em construção...

habitar desertos

Pequeno ensaio sobre a pele da terra

 

 

Luciana Mena Barreto

 

RESUMO

 

O presente pequeno ensaio pretende demonstrar através do emprego de métodos e ferramentas especialmente sucintos criados durante a pesquisa,  a influência e potencial alcance dos seus pressupostos essenciais, adjacentes, originais e finais, bem como de suas causas, efeitos, e características gerais,  dentro da própria contextualizarão. O estudo busca afirmar a hipótese  baseada  nos  experimentos realizados, trazer luz ao problema de fundo, e dar conta de algumas de suas lacunas, potencializando seu emprego nas suas mais diversas formas.

 

PALAVRAS CHAVE : pele, terra, habitar, desertos.

1.INTRODUÇÃO

 

Para bem empreender o objeto do presente estudo, os dados obtidos durante o processo de pesquisa são cortejados, subtraídos e somados, atualizando-se a perspectiva em cada caso, sendo esta a metodologia adotada.  Também é observada a espacialidade dos elementos e das superfícies em toda extensão considerada. Além disso, considera-se a substancialidade da ampla utilização, optando-se pelo método simples, dando-se atenção aos pressupostos.

De acordo com experimentos recentemente realizados sob a supervisão dos institutos competentes, ora  adotados, tanto os de laboratório quanto os de análise de campo, busca-se, com fundamento na  literatura especializada, entender e situar o tema a par das questões suscitadas ao longo do processo de investigação que conduzem à  hipótese perseguida.

 

 

2. A PELE DA TERRA

      

2.1. Problematização atual

Com a problematização do tema objeto deste estudo,  pretende-se fazer o contraponto paradoxal entre o conceito preconizado em diferentes épocas por distintos  autores consagrados e autorizados, trazendo-os para a atualidade com o objetivo de cotejá-los  junto aos  achados de experimentos recentes, que demonstram o contrário.  Durante o processo da pesquisa observa-se o alcance dos elementos constitutivos e dispersivos em níveis mensurados que excedem as pesquisas anteriores, de maior relevância, dos quais advém sua aprovação, especialmente quando considerados sob a perspectiva adotada no presente estudo. Não obstante, embora  se observe e a presença de vazios, espaços, tempos, lugares e exprimível lacuna,  a par de fissuras e pequenos vãos, os quais demandam atenção,  sugere-se adoção de  transformações especificas para manter tais achados e assim alcançar de fato e de direito a hipótese almejada nos diversos processos formatadores.

2.2 Aspectos conceituais

Impende esclarecer os diversos conceitos que suportam o processo  em análise, sobretudo durante a repetição dos distintos aspectos envolvidos, tal como ilustram as citações relevantes diretas e indiretas, assim com os ditos reiterados e que geram efeito. Neste sentido, define-se a exploração sobre o tema, nas diversas áreas afins e transversas.

O processo se constitui de elementos que se repetem de acordo com experimentos recentes adotados, tanto os de laboratório quanto os de campo simulado.  Neste contexto, é possível afirmar a hipótese por aproximação estatística ou visual, apresentando-se margem de erro e de acerto variáveis.

Nos mesmos processos de repetição citados, verifica-se a presença do infinitesimal, sob certas condições ainda não identificadas, conforme conhecido fenômeno deste objeto. Neste caso específico,  a aparição reiterada é subreptícia e opera as leis aplicadas quando em repouso relativo.

De outro lado, quando se utiliza metodologia diversa obtém-se resultado elucidativo de posicionamentos em escala hierárquica de pesquisa, permitindo a conceituação do elemento central, tal como encontramos na literatura especializada. Isto demonstra que os fenômenos adjacentes são paralelos ao experimento principal.  De fato, quando empregado distinto ferramental,  surgem inesperados fenômenos periféricos que ultrapassam os selos e medidas de certificação institucional. Em tal circunstância, as estruturas manuais, mecânicas e pneumáticas potencializam o elemento isolado, gerando saltos quantitativos mensuráveis a olho nu.

A constatação das formações advindas das estruturas estudadas é patente no processo de equalização diferenciado de todas as forças operantes, assim como as inoperantes no sistema. Com base nos conceitos fundamentais utilizados este estudo acaba por construir novas estruturas de desenvolvimento da hipótese, ensejando confirmar o já esperado.

Diversos autores confirmaram o fenômeno  estudado na sua extensão e peso,  de onde se irrompem poças interiorizadas no sistema, cujas orlas apresentam sedimentação inorgânica. O composto de sal emerge dos poros sob condições ideais de temperatura e pressão operando nas suas extremidades episódios de força gravitacional singular compatível com evaporação, condensação e solidificação, considerada a densidade operativa no interior em sentido oposto.   Sendo temporário, o resultado passa a  corresponder  à estrutura poligonal justaposta, sem dispersão de grãos. Sob tais pressupostos, alojam-se aglomerações  de elementos difusos no exterior. A par desses eventos, emerge de uma profundidade rasa elemento ladrilhado que volta a pressionar deslizando externamente em toda extensão considerada.

Na área afetada emerge pequeno animal sem ovo, fenômeno que adverte sobre a necessidade de total eliminação da pureza em cada etapa da estratificação, bem assim o abandono da pesquisa devido a achados de proliferação.

 

  1. CONCLUSÃO

 

Computando-se as premissas utilizadas e sua total influência sobre o potencial alcance dos pressupostos essenciais, adjacentes, originais e finais, bem como  suas de suas causas, efeitos, e características gerais,  dentro da própria contextualizarão atual, após os diversos experimentos realizados,  confirma-se a hipótese trazida à luz problematizando-se seu tema de fundo..

 

Considerando o conjunto de elementos, substancias, atributos e modos característicos fundamentais colhidos em toda a extensão fenomenológica objetivada da visualização interna e externa, durante as pesquisas,  tudo somado e dividido,  é possível confirmar a hipótese deste estudo.

Fica  demonstrado, na falta de subconjuntos caóticos vitais para o desenvolvimento das forças,  que habitamos desertos.

Em síntese,  é possível concluir o que implica considerar problematizado o tema avaliado na confirmação da  hipótese, recomendando-se dar conta de algumas de suas lacunas, potencializando seu emprego nas suas mais diversas formas.

 

 

——333—333—-333—333——-333333——333—

 

 

 

 

 

pressupostos de origem e finalidade, características gerais, causas e efeitos.

De acordo com experimentos recentes adotados, tanto os de Laboratorio quanto os de campo simulado,  é possível afirmar o fato sem margem de erro por aproximação estatística ou visual.

Nos processos de repetição infinitesimal, sob certas condições ainda não identificadas, o mesmo fenômeno advém do objeto. Neste caso específico,  a aparição reiterada opera as leis aplicadas.

Quando do uso de metodologia diversa em especial,  obtém-se resultado elucidativo de posicionamentos em escala hierárquica de pesquisa.

Paralelamente ao experimento principal, quando empregado distinto ferramental,  observam-se fenômenos adjacentes ao objeto, que ultrapassam as medida de certificação institucional. Em tal circunstância, as estruturas manuais, mecânicas e pneumáticas potencializam o elemento isolado, gerando saltos quantitativos mensuráveis a olho nu. No processo, como consequência, formam-se poças d’água interiorizadas cujas orlas apresentam sedimentação inorgânica. O composto de sal emerge dos poros sob condições ideais de temperatura e pressão operando nas suas extremidades episódios de força gravitacional singular compatível com evaporação, condensação e solidificação, considerada a densidade operativa no interior em sentido oposto.   Sendo temporário, o resultado passa a  corresponder  à estrutura poligonal justaposta, sem dispersão de grãos. Sob tais pressupostos, alojam-se aglomerações  de elementos difusos no exterior. A par desses eventos, emerge de uma profundidade rasa elemento ladrilhado que volta a pressionar deslizando externamente em toda extensão considerada. Na área afetada irrompe-se pequeno animal sem ovo, fenômeno que adverte sobre a necessidade de total eliminação da pureza em cada etapa da estratificação.

Por fim, considerando o conjunto de elementos, substancias, atributos e modos característicos fundamentais colhidos em toda a extensão fenomenológica objetivada da visualização interna e externa, somado e dividido,  chega-se à conclusão cientifica temporária, quanto à falta de subconjuntos caóticos vitais para o desenvolvimento das forças e de que habitamos desertos.

BOLIVIA_14471_LuMenaBarreto.jpg
Bolivia_Uyuni_9518_LuMenaBarreto.jpg
Bolivia_Uyuni_9384_LuMenaBarreto.jpg
Atacama_174_LuMenaBarreto.jpg
Jujuy-8356_LuMenaBarreto.jpg
Jujuy_11562_LuMenaBarreto_edited.jpg
Bolivia_233_LuMenaBarreto.jpg
Bolivia_Uyuni_9235_LuMenaBarreto.jpg
Argentina_SalinasGrandes_8155_LuMenaBarr
Argentina_7938_LuMenaBarreto.jpg
Namibia_0145_LuMenaBarreto.jpg
Namibia_0308_LuMenaBarreto.jpg
Bolivia_Uyuni_9384_LuMenaBarreto.jpg
Bolivia_Uyuni_9444_LuMenaBarreto.jpg
Tunisia_1020441_LuMenaBarreto.jpg
Bolivia_Uyuni_9034_LuMenaBarreto.jpg
Australia_1030312_LuMenaBarreto.jpg
Jujuy_11569_LuMenaBarreto.jpg
Atacama_100_LuMenaBarreto.jpg
Jujuy_11545_LuMenaBarreto.jpg
Atacama_154_LuMenaBarreto.jpg
Australia_1030329_LuMenaBarreto.jpg
Jujuy_8399_LuMenaBarreto.jpg
BOLIVIA_14668_LuMenaBarreto.jpg
BOLIVIA_14558_LuMenaBarreto.jpg
BOLIVIA_14559_LuMenaBarreto.jpg
BOLIVIA_14560_LuMenaBarreto.jpg
Tunisia_1010697_LuMenaBarreto.jpg
Atacama_040_LuMenaBarreto.jpg
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Pinterest
  • Tumblr Social Icon
  • Instagram